Home

www.radioforum.rg3.net

 

RADIOFORUM

Em busca de um rádio inventivo

Radioforum surgiu do encontro RadioForum_ Em busca de um rádio inventivo, realizado pela Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina, Paraná, setembro de 2008, organizado por Janete El Haouli, com o apoio do MINC, Goethe Institut de Curitiba, Radio MEC, Radio Cultura FM SP, Visualita Criação Visual e de muitas outras instituições. Reuniu um grupo único de produtores de rádio, teóricos e radioartistas de vários cantos do Brasil, além de Harri Huhtamaki, da Yleisradio de Helsinqui, Finlândia;  do compositor curitibano/berlinense Chico Mello e da compositora e musicóloga Vera Terra, melhor intérprete brasileira da obra de John Cage. Não estamos interessados no rádio / áudio consensual e repetitivo que invade nosso dial e nossos ouvidos cotidianos. Nosso propósito é distribuir e discutir experiências de rádio, áudio, sound design, que produzam  estranhamento e se dirijam para o que Murray Schafer chamou de “ouvidos pensantes”.

Como usar?

Você pode escolher os tipos de produçao radiofonica ou de sounddesign que te interessarem nas páginas indicadas no topo da página de entrada – radioarte, radiodrama, sounddesign cinema, soundesign dança, etc – Nas páginas de arquiteturas sonoras e de sounddesign vídeo, os arquivos tem som e imagem. Nas demais, só o audio.

Na rádio on-line transmitiremos produções do radioforum  –  programas e eventos, on-line em horários  e datas informados com antecedência. Em links, o acesso a muitas rádios e outros sites de áudio e rádio na internet.

Nas categorias – coluna à esquerda – em 1. ARTIGOS, a produçao teórica sobre estas experiencias radiofonicas e de sounddesign; 2. RADIOFORUM é um espaço para conteúdo multimídia –  ensaio,  poesia, som, vídeo livremente editados; 3. MÚSICA – obras dos compositores brasileiros contemporaneos –  ‘experimentais’,  mistas, ‘live’, auxiliadas-por-computador, algorítmicas, música-vídeo, multimídia, intermídia, músicas instrumentais com vetores experimentais, poesia, etc. Cada compositor convidado enviará sua produção, conteúdo renovado continuamente.

Em todas as páginas e categorias há espaço para comentários dos usuários, um forum de discussão das produções.

Todas as peças têm seus direitos autorais liberados para cópia e audição doméstica ou escolar-acadêmica. Reservamos os direitos autorais para uso comercial das peças distribuídas.

Quem somos nós?

Janete el Haouli,  professora do Departamento de Música e Teatro e diretora da Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina. Na Rádio Universidade FM da UEL, produziu durante 14 anos o programa ‘Música nova_rádio para ouvidos pensantes’ e foi diretora por quatro anos. Fez doutoramento na ECA-USP sobre arte acústica radiofônica, criou e dirigiu o Núcleo de Música Contemporânea (1993 / 2008), realizou projetos de criação radiofônica para a WDR (Colonia), DeustchandRadio (Berlin), Radio Educación (Mexico), Rádio Cultura FM SP entre outras e é autora do livro Demetrio Stratos – em busca da voz-música (Italia, 1999; Brasil, 2003 e Mexico, 2006).

Mauro Sá Rego Costa – Dirigiu por cinco anos o Mestrado em Música do Conservatório Brasileiro de Música; pesquisador e produtor de rádio, coordenador do Laboratório de Rádio UERJ Baixada, e da Oficina Hibridos – Midia e Arte Contemporanea – no LABORE –  Laboratório de Estudos Contemporâneos – da UERJ – http://www.polemica.uerj.br

Rodolfo Caesar. Na década de 70, estagiou com Pierre Schaeffer no Conservatoire National Supérieur de Musique de Paris. Doutoramento orientado por Denis Smalley na University of East Anglia.  Recebeu bolsas e encomendas de instituições como Fundação Vitae, Arts Council of England/Sonic Arts Network, Arts Council of Great Britain, Groupe de Recherches Musicales, etc . Leciona na Escola de Música da UFRJ, onde fundou  o Laboratório de Música e Tecnologia, LaMuT. http://sussurro.musica.ufrj.br/

Lilian Zaremba.  Roteirista e produtora da MEC-FM do Rio de janeiro. Idealizou o I Radio-Forum do Rio de Janeiro, realizado no CCBB-1997. Criou e organizou os tres números da coletanea Rádio Nova, Constelaçoes da Radiofonia Contemporânea (1997-2000). Curadora da exposição “O que eu faço é rádio! reunindo obras sonoras e radiofonicas de artistas plásticos e palestras no Museu de Arte Contemporanea – MAC, Niterói, 2006. Blog: lilianzaremba.blog.uol.com.br

Julio de Paula. Radiomaker e documentarista. Produtor da Cultura FM de São Paulo, produz Veredas, radio-documentários dedicados à cultura popular. Também na Cultura, é produtor do Supertônica, programa com Arrigo Barnabé, e do projeto S. Paulo Microkosmos, em celebração aos 450 anos da metrópole. Tem realizado ambientações sonoras para mostras de artes visuais.

Cecília Fernandez Conde. Compositora e diretora musical.  Realizou trabalhos de “ambientação musical” para os principais grupos cariocas dos anos 70, especialmente no Teatro Ipanema. A partir da metade dos anos 80, a participação na vida teatral tornou-se mais esporádica, em função de  compromissos com a administração cultural do Estado e com o Conservatório Brasileiro de Música, que dirige atualmente. Analisando o trabalho de Cecília Conde, o crítico Yan Michalski comentou: “Suas composições para teatro – entre as quais as de O Arquiteto e o Imperador da Assíria e de Hoje é Dia de Rock destacam-se como verdadeiros marcos – pela sua consistência musical, decorrente dos seus profundos conhecimentos como musicista, e pela sua fusão orgânica com a teatralidade proposta pelos respectivos encenadores”.

Tato Taborda.  A partir de 1983, atua como autor de música para televisão e teatro, responsável pela criação de música original para mais de 40 peças teatrais, recebendo o Troféu Mambembe em 1996 e o Prêmio Coca-Cola em 1998. Em 1998 recebe uma bolsa da Ford Foundation, a partir de convite do grupo nova-iorquino Mabou Mines. Entre os prêmios e encomendas destacam-se a  Inroads Grant da Ford Foundation (1998), Theater Am Gleis-Winterthur (1996),  e   Südwestfunk-Donaueschinger Musiktage (1999). Em 2000, a Orquestra Sinfônica do estado de São Paulo – OSESP, encomenda-lhe a obra “Audiobioespectro 1 – Dança da Chuva” , estreada na Sala São Paulo durante a temporada de 2001. Atualmente, compõe  especialmente para trabalhos de Dança Contemporânea.

David Tygel. Músico, há mais de quinze anos compondo trilhas sonoras para cinema, foi premiado no Festival de Gijón, na Espanha, por  A cor do seu destino (1986), de Jorge Durán, e cinco vezes premiado no Festival de Gramado. Em 1985 fundou a Zig&Zag, uma produtora musical voltada para trabalhos em cinema, vídeo e TV. Atualmente, além de continuar a compor para cinema e tevê, dedica-se também a criação musical para videogames.

Anúncios
Comentários desativados em Home